Novo Centro de Convenções, com mais de 11 mil metros quadrados e uso de sistema sustentável, está sendo construído pela A.Yoshii para a Cooperativa Agrária

O distrito turístico de Entre Rios, na região centro-sul do Paraná, ganhará um Centro de Eventos da Cooperativa Agrária

O distrito turístico de Entre Rios, na região centro-sul do Paraná, ganhará um Centro de Eventos da Cooperativa Agrária, espaço que irá sediar assembleias e eventos sociais e culturais para contribuir com o crescimento da região. A responsabilidade da obra é do Grupo A.Yoshii, construtora paranaense com 55 anos de história, que realiza projetos e construções em todo o Brasil.

O novo espaço será mais uma conquista para a região, que vem crescendo há quase 70 anos por meio das iniciativas da Cooperativa e contribuindo para o desenvolvimento das empresas locais, dos cooperados e das pessoas que moram nas cidades do entorno. O distrito é conhecido por sua história e valorização da cultura suábia – história contada no Museu Histórico de Entre Rios, que é o mais visitado da região. A língua alemã ainda está presente no dia a dia, assim como a arquitetura e a propagação dos costumes e tradições.

A obra busca valorizar essas tradições e ainda contribuir com a propagação das tradições e giro financeiro do distrito e cidades próximas. Pensando nesse propósito, uma das edificações do Centro de Eventos tem como inspiração o primeiro moinho da Cooperativa Agrária.

O projeto conta com mais de 12 mil metros quadrados de parede em steel frame, ou seja, estrutura em perfis de aço e fechamento em placa cimentícia, que garante um melhor desempenho acústico em relação a utilização de alvenaria convencional. A escolha desse sistema construtivo implica também em menos resíduos e desperdícios de materiais. O steel frame também é conhecido pelo nome de “Construção a Seco”, justamente pela baixa utilização de água, garantindo resistência e sustentabilidade para a construção. O projeto também terá fachada em pele de vidro, paredes de mais de 13 metros de altura, piso em concreto, cerâmica, vinílico, madeira e revestimento de parede em tecido.

Uma das preocupações da cooperativa é com a questão termoacústica do centro de eventos. A cobertura projetada cumpre com sua função primordial, além de equilibrar a temperatura e ter mais eficiência em isolamento acústico do que coberturas convencionais.

De acordo com o engenheiro responsável pela obra, Luis Alexandre Weiss, “a cobertura ‘sanduíche’ é composta por uma telha bandeja perfurada, duas camadas de lã de rocha e telha trapezoidal. Por meio de ensaios, confirmamos que a cobertura atenua o som em até 75%, em comparação com telhas convencionais”, comenta. A obra no distrito de Entre Rios tem previsão de entrega para abril de 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui