Todos os casos foram incluídos no PRIORI, programa de prevenção e gerenciamento de crônicos da operadora; diariamente, equipe de saúde conversa por telefone com o paciente em isolamento domiciliar

Sem vacina ou remédio específico para tratamento da Covid-19, a alternativa tem sido combater os sintomas da doença com os medicamentos existentes. Dentro dessa realidade, o acompanhamento de saúde constante ganha ainda mais importância. Mas como é possível estar próximo do paciente e ainda garantir o isolamento? Na Paraná Clínicas, todos os casos suspeitos ou confirmados foram incluídos no PRIORI, um serviço multidisciplinar focado em prevenção e gerenciamento de doenças crônicas.

“Depois do diagnóstico e do encaminhamento para quarentena domiciliar, nossa equipe de saúde acompanha de forma constante a evolução do quadro clínico. O monitoramento é feito por telefone, então todo dia o paciente recebe uma ligação e é questionado sobre como está se sentindo, se houve melhora sintomática e se o medicamento está ajudando. Isso aumenta nossa capacidade de reação e de adaptação do tratamento”, explica a médica coordenadora do PRIORI da Paraná Clínicas, Dra. Caroline Caldeira.

Em caso de piora clínica, por exemplo, o paciente é redirecionado de forma rápida para o serviço de telemedicina e passa por nova avaliação médica remota. “Até o momento, tivemos poucos casos com reconsulta ou necessidade de atendimento presencial. Temos notado que, com o acompanhamento da equipe do PRIORI, os pacientes estão se sentindo mais cuidados e reagido de forma positiva ao serviço”, completa a médica coordenadora do programa.

Pelo telefone, a equipe também orienta o isolamento social, destacando a importância de manter o distanciamento inclusive daqueles que dividem a casa com o paciente com suspeita ou confirmação de coronavírus. “Nesses casos, o isolamento não deve ser só social. Além de reforçar a higiene das mãos, com álcool em gel ou maior frequência de lavagem, é preciso não compartilhar utensílios de cozinha e pessoais e até mesmo dormir em quartos separados durante os 14 dias de quarentena”, enfatiza Dra. Caroline.

Sobre a Paraná Clínicas

Com 50 anos de atuação no mercado, a Paraná Clínicas é referência em planos empresariais. Tem a missão de cuidar da saúde, atendendo com excelência empresas e pessoas, oferecendo como diferencial os programas de saúde preventiva. Com uma infraestrutura moderna e planejada em uma rede interligada, a Paraná Clínicas conta com sete unidades próprias, chamadas de Centro Integrado de Medicina: CIM Água Verde; CIM Araucária; CIM CIC -24h; CIM Fazenda Rio Grande; CIM Rio Branco do Sul; CIM São José dos Pinhais; CIM Unidade Infantil – 24h (ao lado do Hospital Santa Cruz) e Hospital Dia (anexo ao CIM Água Verde), projetado para oferecer o que existe de mais moderno em procedimentos eletivos, permitindo  que os pacientes tenham alta no mesmo dia. Mais informações em www.paranaclinicas.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui