Considerado o principal bandolinista do mundo, Hamilton de Holanda chega ao Planeta Drive-In Curitiba, no dia 07 de novembro

Nos Estados Unidos, ele é o “Jimi Hendrix do bandolim”. Na França, o “príncipe do bandolim”. Vencedor de dois Grammys e indicado a outros oito, Hamilton de Holanda é um dos músicos brasileiros de maior sucesso no exterior. Agora, no próximo dia 07 de novembro, o artista vai desembarcar na icônica Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba, para lançar seu mais novo projeto: “Hamilton de Holanda Toca Tom Jobim”. A apresentação, que faz parte da programação oficial do Planeta Drive-In Curitiba, contará com todo conforto e segurança do formato drive-in, com o público dentro de carros.

Respeitado em todo o mundo, Hamilton de Holanda é natural do Rio de Janeiro e criado na cidade de Brasília. Começou a tocar aos 5 anos de idade. Aos 6, já se apresentava. Ganhou destaque nacional em 1995, quando foi considerado o melhor intérprete no II Festival de Choro do Rio de Janeiro, com “Destroçando a Macaxeira”, que ficou em segundo lugar como composição. Era o início de uma carreira multipremiada e reverenciada no Brasil e no exterior.

Aos 44 anos e com 38 álbuns lançados na carreira, além de diversas parcerias de sucesso, Hamilton de Holanda se destaca por unir tradição e modernidade, fazendo com que seu bandolim de 10 cordas fascinasse novas gerações de músicos e fazendo com que ele passasse a ser utilizado em novas correntes musicais que, além do choro, abrangem samba, jazz, pop e rock. No show da Pedreira Paulo Leminski, o artista lançará nacionalmente sua maior homenagem, com uma apresentação inédita, a um dos músicos mais importantes da história do Brasil: Tom Jobim.

Entretenimento seguro

Segundo o diretor da Planeta Brasil Entretenimento, Patrik Cornelsen, o Planeta Drive-In foi desenhado como uma forma de trazer de volta atrações culturais fora de casa à vida das pessoas, uma experiência vintage, com tecnologia de última geração aplicada, além de uma infraestrutura completa de gastronomia e serviços com comodidade e segurança, respeitando as principais orientações dos órgãos oficiais para diminuir a disseminação da Covid-19, entre elas evitar aglomerações em locais públicos. “Trata-se de um modelo inteiramente pensado para atender as demandas de cultura e entretenimento. Diferentemente de qualquer comércio ou serviço, no drive-in não há contato entre as pessoas”, afirma.

Levando em consideração o público espectador, os veículos passam por um pioneiro sistema de desinfecção nos pneus e da lataria, com ingresso validado eletronicamente e sem contato humano. A venda de alimentação e bebida é feita via aplicativo, e os produtos são entregues embalados na janela do veículo, que só pode permanecer aberta do lado esquerdo. “Até mesmo o uso dos sanitários ganhou uma ajuda muito importante no combate ao coronavírus. A ida aos banheiros deve ser solicitada e agendada via aplicativo, pois apenas uma pessoa por vez é autorizada a transitar na arena. Além da limpeza tradicional, os sanitários são dotados de um moderno sistema de esterilização de ar”, completa Cornelsen.

O show de Hamilton de Holanda acontece no dia 07 de novembro, a partir das 20h30, no Planeta Drive-In Curitiba, implantado na Pedreira Paulo Leminski – Parque das Pedreiras (R. João Gava, 970). Os ingressos, vendidos antecipadamente, custam a partir de R$ 80 por carro (com até 4 pessoas por automóvel), valor que pode ser parcelado em até 3 vezes no cartão de crédito, e estão disponíveis no site www.planetadrivein.com. Mais informações nas redes sociais oficiais da Planeta Brasil Entretenimento e do Planeta Drive-In.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui