LONGAS PARTEM DOS DEPOIMENTOS CONFLITANTES DE SUZANE E DANIEL.‘A MENINA QUE MATOU OS PAIS’ E O ‘MENINO QUE MATOU MEUS PAIS’ CHEGAM AOS CINEMAS EM 2 DE ABRIL

Um crime violento que chocou o país, duas versões. É o que mostra o trailer dos filmes “A Menina que Matou os Pais” e “O Menino que Matou meus Pais”, que acaba de ser divulgado pela Galeria Distribuidora. Os dois longas são baseados nos autos do processo do brutal assassinato do casal Von Richthofen, ocorrido em 2002, na cidade de São Paulo.

O vídeo mistura cenas dos dois filmes, contrapondo as versões apresentadas por Suzane von Richthofen (Carla Diaz) e Daniel Cravinhos (Leonardo Bittencourt) durante o julgamento. Tudo embalado ao som de uma versão exclusiva da música “Love Will Tear us Apart”, do grupo britânico Joy Division, com performance de Manu Pinto. Para assistir ao trailer, clique aqui.

A ideia de fazer dois filmes com versões diferentes da história surgiu durante a leitura do processo, que apontou pontos divergentes nos relatos apresentados pelo casal de ex-namorados. Os dois roteiros são assinados por Ilana Casoy (autora de “Casos de Família: Arquivos Richthofen”) e Raphael Montes. A direção leva a assinatura de Maurício Eça.

Os filmes têm também no elenco Leonardo Medeiros (Manfred von Richthofen), Vera Zimmermann (Marísia von Richthofen), Debora Duboc (Nadja Cravinhos), Augusto Madeira (Astrogildo Cravinhos), Allan Souza Lima (Christian Cravinhos) e Kauan Ceglio (Andreas Von Richthofen). A produção é da Santa Rita Filmes em coprodução com a Galeria Distribuidora e o Grupo Telefilms.

A estreia simultânea em todo o Brasil está marcada para 2 de abril.

Sinopse:

Em 2002, o casal de namorados Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos chocou o Brasil ao se declararem culpados pelo brutal assassinato dos pais de Suzane. Ao longo do julgamento deles, esse caso é revisitado em busca de respostas sobre os motivos do casal para cometer essa atrocidade. Um drama de crime real sobre um dos casos de assassinato mais chocantes do Brasil. Lançados simultaneamente, os dois filmes mostrarão pontos de vista opostos dos assassinos.

Ficha técnica – “O Menino que Matou Meus Pais” | “A Menina que Matou os Pais”

Elenco:

Carla Diaz – Suzane
Leonardo Bittencourt – Daniel
Allan Souza Lima – Cristian
Kauan Ceglio – Andreas
Leonardo Medeiros – Manfred
Vera Zimmermann – Marísia
Augusto Madeira – Astrogildo
Debora Duboc – Nadja
Marcelo Varzea – Juiz Anderson
Fernanda Viacava – Flora
Gabi Lopes – Namorada Cristian
Taiguara Nazareth – Policial
Produzido por Marcelo Braga
Direção: Maurício Eça
Produtores Associados: Ricardo Costoanovsky, Silvia Cruz, Tomás Darcyl e Gabriel Gurman
Produção Executiva: Marcelo Braga
Argumento e Roteiro: Ilana Casoy e Raphael Montes
Direção de Arte: Denise Dourado
Direção de Fotografia: Jacob Solitrenick
Figurino: Nicole Nativa e Agnaldo dos Santos
Maquiagem e Cabelo: Bruna Nogueira e Marcelo Brito
Montador: Ricardo Gonçalves, AMC e Leopoldo Joe Nakata
Música Original: Ed Côrtes
Som direto: Jorge Vaz
Supervisão de som: Miriam Biderman, ABC
Desenho de som: Ricardo Reis, ABC
Mixagem: Ariel Henrique
Direção de Produção: Dudu Lima
Produção de Elenco: Luciano Baldan
Produção: Santa Rita Filmes
Coprodução: Telefilms e Galeria Distribuidora

Sobre a Galeria Distribuidora

Criada em 2018, a GALERIA DISTRIBUIDORA é uma nova companhia brasileira distribuidora de longas-metragens nacionais e internacionais. Com foco em títulos comerciais e com grande apelo junto ao público, a GALERIA busca levar aos espectadores conteúdos de relevância, desenvolvidos em parceria com as maiores produtoras do país. A inovação e dinamismo são marcas da Galeria, que traz um novo formato de trabalho ao mercado de cinema, se envolvendo de uma forma colaborativa com os produtores desde o início dos projetos. Filmes como Ana e Vitória, Os Exterminadores do Além Cinderela Pop foram alguns dos títulos já lançados pela empresa, que tem previsto em seu Line Up títulos como O Papai É Pop, Vovó Ninja, A Menina Que Matou Os Pais, Manual do Tímido, entre outros.

Sobre a Santa Rita

A Santa Rita Filmes é uma produtora brasileira independente que atua na área de conteúdo audiovisual. Com sete anos de mercado, sede em São Paulo e tendo a frente o produtor Marcelo Braga, a produtora tem no seu repertório 6 longas-metragens, além de 11 séries de TV. Os mais recentes, os longas “Gostosas, Lindas e Sexies” e “A menina que matou os pais” e “O menino que matou meus pais” estes, com estreia para abril de 2020. As séries de tv, algumas vencedoras de prêmios internacionais como “El Ojo Iberoamérica e Cristal Festival para “Encuentros en Brasil”. E destaque também para “Milton Nascimento – Intimidade e poesia” para HBO LA. “Tu Casa es mi casa” e Elis por João” estas duas ainda inéditas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui