Em meio a pandemia, campanha pretende estimular a doação de sangue na capital paranaense, que nos últimos meses registrou desabastecimento dos bancos de sangue

No último mês de maio, o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) registrou apenas 11.823 doações em toda Hemorede, o menor número desde o início do ano. Para conscientizar a população sobre a importância da doação, mesmo durante período de isolamento e distanciamento social, a Unimed Curitiba e a Unimed Laboratório, em parceria com a MCities – Sistema Cidades Interativas, acabam de lançar uma campanha para estimular o abastecimento e o aumento dos estoques nos bancos de sangue.

A campanha tem por objetivo principal conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue em meio à pandemia, motivando conexão imediata para informações e ambientes de agendamento online nos hemocentros. “Nossa marca tem como propósito o cuidado com as pessoas e, em um momento tão sensível como o que vivemos hoje, faremos uma série de ações diferenciadas para atrair a atenção da população sobre o assunto e, claro, incentivar às doações que salvam milhares de vidas”, explica Valéria Lopes, supervisora de Marketing da Unimed Curitiba.

As ruas Prudente de Moraes, XV de Novembro e Itupava, primeiras ruas interativas de Curitiba, receberam sinalizações que trazem mensagens de estímulo a doação e QRCodes de conexão imediata com as plataformas MCities (Website, Mobile, App e Rede Sociais) com todas as informações necessárias para conectar doadores aos hemocentros. O agendamento online facilita e oferece ainda mais segurança para os doadores.

As soluções de interatividade não param por aí. A MCities, em parceria com a Lumibike, vai promover, até o fim da campanha, projeções em prédios na Alameda Dr. Carlos de Carvalho, uma das mais famosas vias de acesso da capital paranaense, com a missão de despertar a curiosidade dos moradores locais. “Em um momento que ficar em casa é essencial para a segurança de todos, a tecnologia pode ser determinante para salvar vidas. Quando transformamos a cidade em uma grande plataforma de conexão, as boas intenções se transformam e atitude que fazem a diferença para todos, onde quer que se esteja”, completa Paulo Hansted, CEO da MCities.

Mais informações no site www.mcities.com.br/curitiba/ta-tendo/doar-sangue.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui