A construção do Costa Toscana, segundo navio da Costa Cruzeiros a ser abastecido por GNL (Gás Natural Liquefeito), considerado o combustível fóssil mais limpo do mundo, está sendo realizada no estaleiro de Meyer Turku, na Finlândia; O cruzeiro inaugural do Costa Toscana parte de Hamburgo, na Alemanha, em 28 de junho de 2021

A montagem do casco do Costa Toscana, segundo navio da Costa Cruzeiros a ser movido por GNL (Gás Natural Liquefeito), começou nesta terça-feira, 11 de fevereiro.

Casco do novo navio Costa Toscana

O navio Costa Toscana é irmão gêmeo do Costa Smeralda, que entrou em operação em 21 de dezembro de 2019. Por conta do uso de Gás Natural Liquefeito, inovação que o Grupo Costa foi o primeiro a introduzir no setor de cruzeiros, essa nova classe de navios de baixo impacto ambiental pode praticamente eliminar as emissões de dióxido de enxofre (emissões zero) e de partículas (redução de 95 a 100%), e reduzir significativamente as emissões de óxidos de nitrogênio (redução direta de 85%) e CO2 (redução de até 20%).

O Costa Toscana e o Costa Smeralda integram plano de expansão que inclui um total de sete novos navios sendo entregues ao Grupo Costa até 2023 a partir de um investimento total de mais de 6 bilhões de euros. Cinco destes novos navios são abastecidos por GNL.

O início da montagem do casco do Costa Toscana foi celebrado em uma cerimônia envolvendo executivos da Costa Cruzeiros e do estaleiro Meyer Turku. A prefeita de Turku, Minna Arve, foi escolhida como madrinha do evento. De acordo com a tradição naval, durante a cerimônia, várias moedas comemorativas foram colocadas na quilha do navio como símbolo de boa sorte para os membros da tripulação, passageiros e futuros cruzeiros.

Neil Palomba, presidente da Costa Cruzeiros, coloca moeda comemorativa

Nas próximas semanas, o navio começará a tomar forma na doca seca do estaleiro, onde uma grande parte do casco já está posicionada. A estrutura tem 100 metros e corresponde à “unidade flutuante da casa das máquinas”, contendo os motores do novo navio.

“Este momento simbólico na construção do Costa Toscana marca mais um passo importante no uso de GNL para o setor de cruzeiros. Fomos os primeiros no mundo a acreditar nessa inovação cinco anos atrás, quando encomendamos esses novos navios, iniciando assim um processo para tornar o turismo cada vez mais sustentável. Atualmente, o GNL é a solução que permite obter os melhores e mais imediatos resultados para a redução do impacto ambiental dos navios”, disse Neil Palomba, presidente da Costa Cruzeiros.

“Estamos sempre aproveitando as experiências de navios anteriores, mas o Costa Toscana terá um design e características totalmente novas para inspirar os passageiros. Hoje (11 de fevereiro) é o dia em que tudo isso começa a se tornar visível na forma de um belo navio”, afirmou Jan Meyer, CEO da Meyer Turku.

O uso de GNL em navios de cruzeiro pela primeira vez é parte de um projeto maior de inovação responsável promovido pelo Grupo Costa para reduzir o impacto ambiental de sua frota. Cerca de 70% dos navios do grupo atualmente em serviço estão equipados com sistemas de limpeza de gases de escape chamados Advanced Air Quality Systems, que garantem a eliminação quase completa de óxidos de enxofre, uma redução de 75% em particulados e uma diminuição substancial em óxidos de nitrogênio.

O Grupo Costa também é pioneiro no uso de “energia em terra”, possibilitando que os navios sejam alimentados com eletricidade da terra enquanto estão atracados, e está fazendo grandes investimentos para introduzir essa tecnologia em todos os seus navios atualmente em atividade. A empresa está ainda testando o uso de baterias de lítio e células de combustível em alguns de seus navios.

O cruzeiro inaugural do Costa Toscana parte de Hamburgo, na Alemanha, no dia 28 de junho de 2021: 14 dias rumo a Savona e um roteiro que inclui paradas de dois dias e uma noite em Lisboa, Barcelona e Marselha, três das mais belas cidades litorâneas da Europa. O Costa Toscana oferecerá roteiros de uma semana ao longo do verão 2021 e seguirá até a primeira semana de novembro visitando os destinos de Savona, Nápoles, Cagliari, Palma de Maiorca, Barcelona e Marselha, no Mediterrâneo Ocidental.

De meados de novembro de 2021 até o período da Páscoa de 2022, o navio continuará fazendo itinerários de uma semana. No entanto, as cidades de Palermo e Civitavecchia/Roma serão incluídas no lugar de Nápoles e Cagliari.

Sobre a Costa Crociere

A Costa Crociere é a companhia marítima italiana integrante da Carnival  Corporation & plc, a maior empresa de cruzeiros do mundo. Há 71 anos a frota da Costa Crociere navega pelo mundo e oferece o melhor do estilo italiano, da hospitalidade a alta gastronomia, fazendo das férias uma experiência única a bordo. As embarcações incluem o que há de mais moderno em diversão, além de oferecer opções para aqueles que desejam relaxar. Possui 15 navios em serviço, a maior frota da Europa.

Além disso, um primeiro navio de última geração foi entregue em 2019 e o outro será em 2021: eles apresentam um “projeto verde” revolucionário e é conduzido por gás natural liquefeito (GNL), combustível fóssil mais limpo do mundo, o que representa um grande avanço ambiental. A Costa reflete a excelência italiana surpreendendo seus clientes todos os dias com experiências de férias únicas e inesquecíveis graças aos 27.000 associados de Costa em todo o mundo que, por sua vez, trabalham todos os dias para oferecer o melhor da Itália em férias de cruzeiro por meio de 140 itinerários diferentes, 261 destinos e 60 portos de embarque.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui